2010

Por meio do programa Escolas do Amanhã, a proposta do Bairro-escola torna-se política pública com o lançamento do projeto Bairro Educador na cidade do Rio de Janeiro, realizado pelo CIEDS e Secretaria Municipal de Educação, com assessoria pedagógica do Aprendiz.

O projeto acontece em 29 escolas públicas de 7 bairros, mobilizando 48 gestores e lideranças locais, e impactando 17 mil estudantes. Recife

adota o Bairro-escola como matriz política de Educação Integral do município: é desenvolvido um projeto-piloto nas comunidades do Coque e do Pilar, e depois a iniciativa se expande para a cidade e continua até 2012. É lançado o VilaMundo, plataforma de jornalismo local. Por meio de exemplos da prática dos princípios de uma cidade educadora, as matérias buscam dialogar com os moradores da Vila Madalena, bairro da zona oeste de São Paulo; gerar reflexões; e ainda inspirar iniciativas a serem desenvolvidas em outros territórios do país. O VilaMundo inspirou a criação do Catraca Livre e hoje faz parte da plataforma de comunicação da iniciativa.