Aluno Presente | Educate a Child

Logo-EAC_pO projeto faz parte do programa internacional “Educate a Child”, da Fundação “Education Above All” (Qatar), presente em 38 países. No Brasil, é realizado pela Associação Cidade Escola Aprendiz em parceria com a Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro.

Iniciado em outubro de 2013,  o Aluno Presente tem como missão contribuir para que todas as crianças e adolescentes da cidade do Rio de Janeiro, entre seis e 14 anos, tenham o seu direito de acesso à educação básica garantido, atuando principalmente na identificação e localização daqueles que não foram matriculados e na prevenção da evasão escolar.

Seu desenvolvimento compreende:

- articulação intersetorial: articulação de diferentes órgãos governamentais do município – buscando promover a integração das políticas públicas nos territórios – e aproximação com a comunidade e agentes locais dos diversos setores;

- identificação e diagnóstico: identificar e localizar as crianças e adolescentes de seis a catorze anos que não estejam frequentando a escola, diagnosticando os motivos de não terem ingressado ou de terem abandonado os estudos;

- inclusão escolar: orientar e dar suporte aos pais no encaminhamento e efetuação da matrícula e retorno às aulas, promovendo as condições de acolhimento necessárias;

- apoio ao projeto político-pedagógico das escolas: promover ações aproximando escolas, famílias e comunidades em torno de um projeto político-pedagógico para estimular e dar apoio à frequência e permanência dos alunos, buscando reduzir a evasão escolar;

- sistematização de metodologias: as metodologias aplicadas em todas as etapas do trabalho serão sistematizadas em materiais de formação para que possam ser replicadas em diferentes realidades, de diferentes regiões.

Mais informações sobre o projeto: www.alunopresente.org.br

Assista o vídeo da Campanha Pais Presentes:

E confira o vídeo produzido pela Fundação Education Above All para apresentação do Programa Educate a Child aos seus parceiros internacionais. As filmagens trazem retratos de diferentes realidades do globo onde o programa é desenvolvido em parceria com organizações locais: regiões que abrigam refugiados da Síria no Líbano, áreas de tribos indígenas da floresta amazônica, cidades do Congo e do Rajastão, e comunidades dos morros da cidade do Rio de Janeiro. Meryl Streep fez voluntariamente a locução.