Programas

apIniciado em outubro de 2013, o Projeto Aluno Presente atua na identificação, localização e inserção de crianças e adolescentes, entre 6 e 14 anos, que estão fora da escola no município do Rio de Janeiro ou em risco de evasão escolar, e trabalha para contribuir na resolução dos problemas que os impedem de estudar, para reconduzi-los à sala de aula e para apoiar sua permanência na escola.

O projeto Aluno Presente faz parte do programa internacional “Educate a Child”, da Fundação “Education Above All” (Qatar), presente em 38 países, uma iniciativa global lançada pela Sheika Moza bint Nasser do Qatar, que visa reduzir significativamente o número de crianças pelo mundo que estão fora da escola. No Brasil, é realizado pela Associação Cidade Escola Aprendiz em parceria com a Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro.


 

eiO Centro de Referências em Educação Integral é uma iniciativa da Associação Cidade Escola Aprendiz em parceria com outras organizações não governamentais e com o apoio da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) para promover a pesquisa, o desenvolvimento, aprimoramento e difusão gratuita de referências, estratégias e instrumentais que contribuam para a formulação, gestão e avaliação de políticas públicas de Educação Integral no Brasil.


 

ceO programa Cidades Educadoras é uma iniciativa da Associação Cidade Escola Aprendiz que desenvolve ações estratégicas para o fortalecimento dessa agenda no Brasil. Por meio de projetos e experiências voltados à integração entre comunidades, escolas e território, o Programa fomenta a constituição de cidades orientadas para o desenvolvimento integral dos sujeitos.


 

Projetos de Comunicação para o Desenvolvimento

Na Cidade Escola Aprendiz, a comunicação é reconhecida como uma das principais ferramentas de desenvolvimento e transformação social. O conhecimento que produzimos há 18 anos nas áreas de educação e direitos humanos, com foco na infância e juventude, nos permite elaborar conteúdos e estratégias para articular, mobilizar, engajar e influenciar políticas públicas (advocacy) de forma aprofundada, rápida e inovadora.

Rede Peteca – Chega de trabalho infantil| www.chegadetrabalhoinfantil.org.br

peteca-3A Associação Cidade Escola Aprendiz,  o Ministério Público do Trabalho  a Associação para o Desenvolvimento dos Municípios do Estado do Ceará (APDMCE) desenvolvem a Rede Peteca – Chega de Trabalho Infantil. O projeto dissemina informações relevantes sobre o tema por meio de campanhas, reportagens, colunas e materiais de apoio. O intuito é articular atores estratégicos, engajar a sociedade em torno da questão e influenciar políticas públicas (advocacy) que contribuam com o fim do trabalho infantil.

 

 

Ah, a rua! Só falam de tirar as crianças da rua. Para sempre? Eu sonho com as ruas cheias delas. É perigosa, dizem: violência, drogas... E nós adultos, quem nos livrará do perigo urbano? De quem eram as ruas? Da polícia e dos bandidos? Vejo por outro ângulo: um dia devolver a rua às crianças ou devolver as crianças às ruas; ficariam, ambas, muito alegres.
Paulo Freire